BI e IA: uma linha tênue e bem-sucedida

BI e IA: uma linha tênue e bem-sucedida

Quando você ouve falar em Inteligência Artificial (IA), vem a sua cabeça algo novo? Acredito que a sua resposta seja “sim”.


Mas, em se tratando de mercado, precisamos esclarecer algo: IA não é, necessariamente, novo, já que o conceito vem sendo trabalhado há décadas. Entretanto, é com certeza uma tendência inovadora, que deve ser vista não isoladamente, mas como componente de um plano de ação voltado ao sucesso.


A verdade é que, do ponto de vista de estratégia de negócios, vale é estar ligado à Transformação Digital, aproveitando tudo o que este universo traz de enriquecedor para a competitividade. Isto posto, cabe dizer que a TI é um grande aliado desta evolução transformadora, e que dentro de seu vasto leque tudo o que trouxer inteligência à gestão é, sim, investimento mais do que válido.



Desta forma, o mais importante é encontrar ferramentas e maneiras de lidar com o alto volume de dados gerados pelos ambientes e cenários vivenciados pela empresa, garantindo poder para extrair das informações tudo o que gere valor para o gestor, os colaboradores e, claro, os clientes.


Neste ponto, a IA desponta como um bom parceiro, assim como tecnologias que já agregam o conceito de inteligência de dados via software, como o Business Intelligence (BI) e o Business Analytics (BA), por exemplo.


Ao passo que soluções de IA usam algoritmos para que máquinas, sistemas e pessoas interajam, gerando aprendizado da camada artificial, o BI atua na camada de captação, ordenação, padronização, amostragem, compartilhamento e monitoramento das informações, elevando as perspectivas e possibilidades de aprendizado humano sobre partes e todo de um negócio.


São tecnologias complementares, com um propósito único: trazer mais poder de atuação e gestão, aumentar a competitividade.


Se utilizadas em separado já trazem grandes avanços à estratégia de negócios, juntas podem ir ainda além, ajudando a elucidar gargalos de forma mais rápida, atender clientes de maneira mais assertiva, criar e executar estratégias de um jeito inovador e certeiro.


O BI auxilia na transformação de dados em informações e de informações em insights. A IA ajuda na execução de tarefas operacionais e repetitivas, que podem facilmente saírem de mãos humanas para serem realizadas por máquinas e sistemas que tenham aprendido sobre as demandas, processos e entregas necessários.


Combinadas, tais tecnologias se traduzem em crescimento de negócio. São fortes aliados no trabalho de dados, na geração de insights, na projeção de cenários e estudo de possibilidades, na condução de negócios de forma ágil e produtiva.


A conversa entre estes dois mundos é não apenas bem-vinda: em poucos anos, se tornará fundamental. Quem mais cedo entender a estreita relação entre o BI e a IA e ativá-la em seus negócios, mais à frente largará no grid do competitivo mercado nacional e global.


São benefícios advindos de um conhecimento que, para dominar, não é suficiente ser humano, nem é necessário se “maquinizar”: é preciso ser inovador. 

133 visualizações
Lajeado

Rua Alberto Torres, 613, sala 301, Centro

Lajeado - RS - Brasil

CEP 95900-188

© 2019 BIMachine.

Todos os direitos reservados.

São Paulo

Av. das Nações Unidas 14401, Torre Tarumã, Chácara Santo Antônio

São Paulo - SP - Brasil

CEP  04794-000

Porto Alegre

Rua Praça XV de Novembro, 66,
Centro Histórico

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90020-080

scaleup_512_2x.png
gptw_512_2x.png
10business_512_2x.png
martechs_512_2x.png