Como fazer de 2020 um ano realmente próspero? Use os dados!

Atualizado: Mai 3

No Natal de 2019, o varejo brasileiro vendeu 9,5% mais do que em 2018, levando-se em conta somente comércio de shopping. O faturamento neste nicho foi de R$168,2 bilhões no período, alta de 7,5%, que ficou acima dos 5% previstos pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping).


Um cenário sem dúvida alavancado por uma cultura de dados cada vez mais presente. E eles estão por todas as partes: na estratégia bem estruturada das empresas, nas camadas de informações trocadas nas redes sociais, chats e canais online, nas conversas informais que influenciam compras no universo omnichannel.


Lidar com este universo é o que tem feito e fará com que cada vez mais o comércio colha frutos vistosos, ampliando vendas período a período.

uso de dados

Após um Natal bem nutrido nos resultados varejistas, que tal seguir a linha de crescimento nos lucros para além do Ano Novo? Afinal de contas, vêm aí volta às aulas, Carnaval, Páscoa, Dia das Mães e todos os demais picos que demandarão planejamento para abocanhar receitas satisfatórias e fazer de 2020 um ano realmente próspero.


Mave melhora gestão, vendas e recebimentos com BIMachine.

Confira o case!


Mas... Por onde começar? Fundamentalmente, pelo entendimento de que, sem uma política de uso inteligente de dados, empresa alguma se manterá competitiva. Em seguida, o passo certeiro será escolher uma ferramenta adequada para coletar, organizar e disponibilizar informações de forma que todos os setores da companhia tenham acesso e nutram estratégias assertivas.


Isto não se restringe ao varejo, já que, antes de chegar às lojas físicas ou online, os produtos são fabricados, expedidos, transacionados. O entendimento dos dados é precioso para toda a estratégia empresarial, e vai do chão de fábrica ao estoque, da logística ao RH, do Marketing às vendas, do faturamento à controladoria.


Case de Sucesso! Peccin otimiza gestão com BI

Indústria alimentícia, que exporta para 70 países, comprova ganhos em padronização de dados, potencialização de análises e atesta: ferramenta é essencial para guiar suas decisões estratégicas.


De ponta a ponta, informação bem analisada e bem utilizada é – e, ano a ano, só tende a ser mais – a chave do sucesso para todas as áreas de todas as verticais de negócio.

Para isso, voltemos à ferramenta. Somente um sistema capaz de empoderar toda a empresa por meio do acesso a dados e à capacidade analítica será suficiente para entregar os resultados buscados pela gestão. E somente profissionais verdadeiramente capacitados poderão orientar a adoção e uso de tal solução, fazendo com que, de fato, o investimento em tecnologia de BI, BA ou ambas faça do Big Data um diferencial competitivo para a empresa.


Vender mais em 2020

e adiante é questão de se informar e saber usar esta informação. Se equipar, se inovar, evoluir as estratégias. Chegar a um nível data driven capaz de se traduzir em lucro.


Este é – ou, pelo menos, deveria ser - o formato da empresa vencedora no mercado atual. Com a abundância de dados, utilizar os recursos à mão para transformá-los em insumo estratégico é a base mais sólida sobre a qual se criarão e cumprirão as metas de planos de vendas agressivos e efetivos. O resto é papo furado e bla bla bla (e destes dados, convenhamos, ninguém precisa).

plataforma bimachine

Transforme a gestão da sua empresa, venha ser data driven com a BIMachine!

Conheça a maior plataforma analytics da América Latina.

Agende uma conversa com nossos especialistas e saiba como impulsionar os seus negócios.

161 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo