Grupo RN Tintas aposta na jornada data driven com apoio da BIMachine

Para transformar a gestão da empresa, a RN Tintas investiu na Plataforma Business Intelligence da BIMachine há quatro anos. A parceria proporcionou, além do aumento nas vendas das 38 lojas, a otimização do tempo dos coordenadores, fazendo com que direcionassem seus esforços para o core business. Com o fortalecimento da marca, o Grupo se tornou a maior rede de tintas e ferramentas do Sul de Minas Gerais.

Bruno Domingues

O sócio-diretor do Grupo, Bruno Domingues, explica que a empresa sempre teve uma visão tecnológica do negócio, mas que gestores mais tradicionais tendem a enxergar essas ferramentas como um custo mais, não como investimento.

“Sempre fomos loucos por números e por tomar decisões com muito embasamento e nenhum achismo. Ao longo do tempo, com a abertura de mais lojas e constante crescimento, entendemos que reunir esses dados se tornou muito complexo”, explica.
Em 2009, a organização investiu no seu ERP - considerada uma parte mais operacional. “Cinco anos depois, iniciamos a jornada com soluções de BI. Após duas experiências, finalmente escolhemos a BIMachine para essa parceria”, acrescenta. Domingues conta que um dos fatores decisivos para fechar o negócio foi a estrutura externa que a plataforma de Business Intelligence proporcionou.

A implementação foi feita junto à empresa, visto que o Grupo definiu os principais gargalos e necessidades de melhoria.

“Nossa organização é de varejo, vivemos de vender produto, ou seja, não entendemos de TI. Isso faz com que precisemos de suporte para entender a plataforma e esse foi um dos recursos que a BIMachine nos ofereceu”, completa.

A solução foi adaptada para atender as necessidades das lojas, tudo para que os coordenadores pudessem acessar em tempo real esses dados. “Quando mostramos a cada equipe que poderiam acessar as informações específicas do estabelecimento em que atuavam, bem como indicadores e metas, o impacto passou a ser muito positivo”, revela Domingues.


Marcela Mantovani

Marcela Mantovani, executiva de Negócios da BIMachine, explica que esse processo é desafiador, visto que as mudanças podem gerar desconfortos.

“A insegurança nessa fase pode acontecer, mas se não for assim, não se transforma o negócio. O importante é converter a energia da equipe em estratégia, mostrando que ao visualizar os dashboards fica mais fácil buscar melhores performances”, conta.

Bruno ressalta ainda a importância da otimização do tempo não apenas para o Grupo, mas para qualquer negócio. “Além dos números fidedignos, o tempo é o que mais valorizamos nos dias de isso. Afinal, podemos afirmar que gerenciá-lo com eficiência vale mais do que dinheiro."

“Quando temos uma informação extraída de uma base de dados confiável e essas informações se tornam estratégicas para tomar decisões, já estamos economizando tempo. Para nós, esse é um dos grandes benefícios do BI rodando em nuvem e integrado a uma solução de ERP.

Juliano Pires

O gerente Administrativo/TI do Grupo RN Tintas, Juliano Pires, acrescentou que o principal e primeiro cliente acaba sendo o vendedor da loja.

“De nada adianta ter todas os dados dentro do ERP, se a equipe não sabe ler e extrair as informações estratégias na hora de fechar um grande negócio, por exemplo. É necessário que entendam que a ferramenta serve para auxiliar e apoiar no processo de venda, fazendo isso com informação constante e precisa”, diz.

Pires acredita que a empresa conseguiu fazer os links mais importantes com a integração do BI e do ERP.

“Por conhecer a empresa como um todo, se tornou muito mais fácil visualizar e entender a dor de cada setor, o que favorece na hora de buscar as melhorias necessárias”, complementa. Muitos dos painéis da ferramenta foram solicitados pelos próprios coordenadores do Grupo, isso porque a informação que cada loja necessita pode não ser a mesma.

Entre as vantagens da solução, está a visualização de quantos dias foram trabalhados, quantos faltam para fechar o mês e, claro, o faturamento nesse tempo atualizado a cada 15 minutos. “Todo esse processo é fundamental para analisarmos o valor da meta mensal e o quanto estamos dentro dela”, revela Pires. Essas informações são imprescindíveis para solucionar gargalos imediatamente, como ele mesmo explica. “Quando o faturamento não vem, conseguimos visualizar exatamente onde está o erro e, evidentemente, criar uma ação pontual para reverter a situação”, conclui.


Pires acrescentou que um dos indicadores mais importantes para o Grupo é a lista de quantos produtos saíram em cada venda.

“Muitas vezes, durante o atendimento, falta um item agregado, algo que o cliente compraria em outro lugar. Além disso, ter acesso a esses detalhes sobre a quantidade de itens faz toda diferença.
“Quando vendemos 10 lixas iguais, estamos falando de um produto. Porém, quando temos lixas, pinceis e rolos na nota, já são três produtos diferentes. Isso faz com que o cliente fique satisfeito por não precisar retornar à loja e nós temos o ticket médio aumentado”, diz.

Outro ponto fundamental que o BI provê é o mapa das devoluções.

“Não é só o percentual de devolução, mas tudo o que está por trás dele. Foi um produto vendido a mais? Faltou adicionar um item para complemento? Precisamos treinar mais a equipe? Esse é um indicador de gestão do negócio, muito mais do que um indicador financeiro”, concluiu.

A BIMachine é responsável pelo gerenciamento de mais de 63 bilhões de faturamento de seus clientes e milhares de usuários ativos em centenas de ambientes já criados. Com a premissa de que empoderar pessoas é o ideal para crescer e tornar a organização competitiva, a empresa provê autonomia e controle às equipes para que possam empreender, criar suas oportunidades e prosperar seu negócio.


business intelligence bimachine

Transforme a gestão da sua empresa, venha ser data driven com a BIMachine!


Conheça a maior plataforma analytics da América Latina.

Agende um diagnóstico gratuito com nossos especialistas e saiba como impulsionar os seus negócios.

60 visualizações0 comentário