Como transformar dados em ações usando BI

Como transformar dados em ações usando BI


Ter uma estratégia assertiva de analytics ou inteligência de negócios se trata menos de ter acesso ao máximo de informações sobre a sua empresa, e mais de observar os indicadores que mais podem impactar as decisões que os gestores de sua organização devem tomar. 


Na verdade, ter muita informação em suas mãos pode até causar confusões, desviando a atenção do que realmente pode ser importante para o negócio. Tanto se fala de Big Data, analytics, Internet das Coisas, Indústria 4.0 e como essas inovações já estão elevando exponencialmente o volume de dados que as empresas precisarão lidar para tornar suas operações mais eficientes.


No final das contas, porém, a questão é: como você pode usar os dados de forma eficiente, transformando informações em ações usando analytics e BI? Bem, aqui vão alguns insights de como você pode fazer isso em sua empresa.


Reportar não é o mesmo que analisar

O trabalho de quem trabalha com BI não é apenas reunir números e reportar estas informações aos seus superiores, como se isso fosse solucionar algum problema na empresa. Dados por si só não significam muito. Os insights que seus colaboradores podem extrair deles são o que faz a diferença.


Quando seus gestores dominam o uso do BI, eles não apenas estão lendo números. Estão lendo significados.


Analise as métricas certas

Você não tem como otimizar aquilo que não dá pra medir - e o caminho para definir os melhores indicadores varia de empresa para empresa. Em um comércio eletrônico, por exemplo, métricas como dispositivos preferidos de acesso, causas de abandono de carrinho, produtos mais visitados e impactos de landing pages são números bastante relevantes.


Para ter os melhores resultados, cada empresa deve pensar de antemão o que é mais importante para o negócio. Tudo começa com um planejamento claro e a definição dos KPIs certos, alinhados com departamentos, gestores e acionistas.


Use visualizações claras para passar sua mensagem

A forma em que as informações de analytics são apresentadas são tão importante quanto as próprias informações. Para gerar engajamento e ação através da análise dos dados, é importante articular histórias, narrações e CONTEXTOS. Isso é o que transformará suas informações em insights de valor e decisões de negócio que levarão a empresa adiante.


Integre as bases de dados

Ter bases integradas de informação resulta em decisões de negócios mais assertivas e rápidas. Pense em integrar bancos de dados tradicionais com soluções de Big Data como Hadoop, por exemplo. Analisando as informações através de uma estratégia transversal nos departamentos da organização, gestores terão um entendimento mais abrangente do negócio e poderão apresentar soluções que beneficiem não apenas seu setor, mas processos que afetem a empresa como um todo.


Tenha pessoas capazes em seus times

Parece desnecessário dizer isso, mas é importante frisar: a tecnologia sozinha não entrega soluções. As ferramentas de BI podem coletar e organizar dados de forma exemplar, mas são pessoas capazes de entender a empresa, o mercado e as nuances do dia a dia de uma organização que fazem a diferença. Extrair resultado a partir dos dados é um trabalho de equipe, em que profissionais internos capacitados são essenciais. Além disso, contratar a ajuda de experts externos também pode ser uma boa pedida, quando for hora de "pensar fora da caixa". A mensagem, entretanto, é clara: tenha pessoa capazes e inteligentes ao seu lado.


#bi #bimachine #businessintelligence

207 visualizações
Lajeado

Rua Alberto Torres, 613, sala 301, Centro

Lajeado - RS - Brasil

CEP 95900-188

© 2019 BIMachine.

Todos os direitos reservados.

São Paulo

Av. das Nações Unidas 14401, Torre Tarumã, Chácara Santo Antônio

São Paulo - SP - Brasil

CEP  04794-000

Porto Alegre

Rua Praça XV de Novembro, 66,
Centro Histórico

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90020-080

scaleup_512_2x.png
gptw_512_2x.png
10business_512_2x.png
martechs_512_2x.png