Prever o futuro do trabalho: como o BI ajuda o RH nesta missão?

Já entramos em quase quatro meses de pandemia, e em meio a movimentos e fechamento e abertura da economia, gerir o RH das empresas em um momento como este é um exercício constante de adaptação. Em suma, pode ser um exercício exaustivo de ansiedade e incerteza para quem precisa garantir que seu negócio se mantenha produtivo e com processos em dia.


Em uma pesquisa divulgada em abril pela Korn Ferry, empresa global de consultoria organizacional, em meio a empresas de todo o mundo, 32% dos setores de RH tem como maior desafio a dificuldade em prever as necessidades futuras da força de trabalho em resposta ao cenário econômico em evolução.


Segundo apontam diversos especialistas da área de recursos humanos, os principais desafios neste momento são: monitorar a saúde mental e bem-estar de seus colaboradores, gerenciar condições e qualidade dos profissionais em trabalho remoto, e fortalecer a comunicação interna da empresa em um cenário tão descentralizado.


Como prestar atenção a tudo isso, percebendo tendências e mudanças em um horizonte de incertezas? Uma sugestão é ficar atento aos dados de sua empresa. Eles podem indicar diversas coisas, como o grau de produtividade dos setores, o engajamento dos funcionários e a eficiência dos fluxos de trabalho no modelo home office.


Para isso, contar com uma ferramenta de inteligência de negócio (BI), é um investimento.


Com o BI, o RH tem a possibilidade de ter uma visão mais abrangente do negócio. Integrado a outros setores, é possível coletar, organizar, analisar e produzir relatórios sobre inúmeros aspectos na cadeia organizacional da empresa, seja nos times presenciais ou em home office.


Por exemplo, uma análise de clima junto a funcionários pode ajudar a definir novos planos de ação para melhorar o engajamento dos times, ouvir sugestões para melhorar as práticas internas, resultando em possíveis ganhos de produtividade. Com o uso do BI, estas práticas podem se tornar frequentes e até automatizadas, permitindo visualizar as mudanças pertinentes ao RH com rapidez.


O BI também pode ser decisivo em processos realizados à distância, tais como recrutamento e seleção. Uma ferramenta pode analisar com agilidade, um alto volume de informações sobre possíveis candidatos, identificando características e habilidades que sejam as ideais para o momento. É um grande aliado para reduzir custos, em um momento em que o corte de despesas é um imperativo nas empresas.


As vantagens de contar com o BI como um aliado do RH durante e até mesmo após a pandemia são inúmeros. Questões como análises qualitativas de comunicação entre os setores, relatórios e indicadores de performance individuais, grau de confiança dos times, e muitos outros aspectos do dia-a-dia podem ser colocados na equação.


O BI traz uma visão diferenciada para observar as mudanças, permitindo tomar decisões mais embasadas para reagir à tais alterações. Em um momento de incertezas como o atual, ter os subsídios para responder da melhor forma é mais do que um ganho competitivo: é uma estratégia de sobrevivência.


Transforme a gestão da sua empresa, venha ser data driven com a BIMachine!

Conheça a maior plataforma analytics da América Latina.

Agende uma conversa com nossos especialistas e saiba como impulsionar os seus negócios.

#bimachine #datadriven #businessintelligence #businessanalytics #plataformaanalytics

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo