Pandemia triplica uso de recursos de análise de dados

Atualizado: Nov 9

Para muitos setores, a pandemia do novo Coronavírus trouxe queda nas atividades, resultando em retração e impactos negativos. Mas, para o Business Intelligence e Business Analytics, foi bem diferente: na contramão do mercado, esta área cresceu muito. Aqui na BIMachine, por exemplo, o uso de recursos de análise de dados triplicou, desde abril, entre nossos usuários, resultando em um BOOM de utilização de nossa plataforma para a manutenção de estratégias voltadas ao ganho de competitividade.


Um levantamento feito junto à nossa base de usuários mostrou que, já em abril, a realização de atividades na plataforma cresceu muito, em relação aos meses anteriores. E, de lá para cá, o aumento seguiu de forma exponencial:

Conheça a BIMachine. Clique aqui!

- Em janeiro, fevereiro e março registramos, respectivamente, a realização de 513,2 mil, 600,3 mil e 657,8 mil atividades na ferramenta

- Em abril, foram 731,1 mil atividades

- Em maio, 918,9 mil atividades

- A partir de junho, sempre acima de um milhão, passando de um milhão e meio de atividades no último mês já mensurado (setembro 2020)


Por que isso acontece? Há algumas razões:

- Porque, em primeiro lugar, as empresas precisaram se precaver ante um cenário totalmente atípico. Lidar com o desconhecido é assustador e pode trazer dificuldades, logo, é melhor estar preparado desde já, com tecnologias que permitam projetar cenários, entender mercados atuais e futuros, perfilar públicos e criar modelos de atuação mais assertivos frente a todas estas variáveis.


- Em segmentos como o financeiro, a análise diária de dados macro e micro, que já era bastante importante, se tornou vital. O momento é de investir em soluções que auxiliem na compreensão de públicos e operações que não estão, necessariamente, à vista dos decisores. Para isso, Business Analytics é ferramenta determinante.


- Quem trabalha com marketing e vendas também percebeu o altíssimo impacto positivo do uso de BI e BA para dar sustento às estratégias e ações. Decisões comerciais nunca precisaram tanto do embasamento de dados como atualmente, e esta tendência tende a se manter para o futuro próximo, demandando cada vez mais recursos de análise e inteligência de negócio.


- Com as pessoas trabalhando em home office, as operações sendo suportadas em grande parte pela Internet, a quantidade de dados online aumentou. Com isso, a necessidade de ferramentas que permitam analisar este gigantesco leque de informações e transformá-las em conteúdos ricos o suficiente para gerar insights úteis sobre atuação, clientes, produtos e serviços tornou-se ainda mais evidente.


- Porque em Recursos Humanos o poder de análise também se tornou fundamental, principalmente para dar respaldo a gestores e equipes nas projeções e planejamentos de composição e gerenciamento da força de trabalho, seja in company, home office ou field services.

- Porque o segmento de saúde e ciências tomou o centro do palco no momento atual, sendo demandado tanto para a busca da vacina, quanto para os tratamentos e potenciais curas para a Covid-19. Isto sem deixar de lado todo o espectro restante de doenças e outras incumbências destas áreas. Com isso, o poder de visibilidade, análise e projeção trazido pelo BI e pelo BA se tornou peça-chave para tais verticais, ganhando os holofotes nas estratégias de reorganização das organizações destas áreas.


- Porque, pelas mesmas razões de otimização das estratégias com base em análise e projeção presente e futura, muitos outros segmentos passaram a utilizar e perceber os benefícios do Analytics, tais como a manufatura, mídia e entretenimento, turismo e hospitalidade, imóveis, governo e educação, entre outros.


O crescimento da análise de dados é uma resposta do mercado aos desafios trazidos pela pandemia, e a atitude das empresas de investirem em Analytics para atravessar o momento atual com sucesso só tende a aumentar.


Não somos só nós que estamos dizendo: uma pesquisa realizada pela norte-americana Reportlinker mostra que, já em 2020, o setor mundial de BI e BA movimentará US$ 23,1 bilhões em investimentos, cifra que deve saltar para US$ 33,3 bilhões em 2025, crescendo à taxa CAGR de 7,6%.


Mais poder de análise, maior obtenção de insights, mais qualidade da informação e, consequentemente, das decisões tomadas e ações realizadas. Tudo resumido em duas siglas curtas, mas de impacto fundamental no mercado atual e futuro: BI e BA.


Se sua empresa precisa de impulso para enfrentar a pandemia com estratégias realmente embasadas, que deem respaldo a decisões e ações assertivas, não há dúvida: a hora de investir em análise de dados é agora.


Transforme a gestão da sua empresa, venha ser data driven com a BIMachine!

Conheça a maior plataforma analytics da América Latina.


Agende um diagnóstico gratuito com nossos especialistas e saiba como impulsionar os seus negócios.


#bimachine #datadriven #businessintelligence #businessanalytics #dados #analises

Lajeado

Rua Alberto Torres, 613, sala 301, Centro

Lajeado - RS - Brasil

CEP 95900-188

Política de Privacidade

© 2020 BIMachine.

Todos os direitos reservados.

São Paulo

Av. das Nações Unidas 14401, Torre Tarumã, Chácara Santo Antônio

São Paulo - SP - Brasil

CEP  04794-000

Porto Alegre

Rua Praça XV de Novembro, 66,
Centro Histórico

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90020-080

scaleup_512_2x.png
gptw_512_2x.png
Selo_Cubo_Startup.png
Logo Analytics.webp
martechs_512_2x.png